E o barato que saiu caro – Produtora de Vídeo

E o barato que saiu caro

Vídeo Motion Design/Animação 2D – MobCrass
25 de fevereiro de 2016
Vídeo Ident
12 de março de 2016

Ultimamente tem se ouvido muito essa frase: “e o barato saiu caro…”. É de cortar o coração… é não!

Gente, se está muito barato desconfie, não é possível que haja uma discrepância muito grande de valores, principalmente quando você compara com profissionais/serviços de renome no mercado. Não é só porque eles estão há anos trabalhando na área que serão os mais caros, normalmente esses têm muito mais noção de quê valores são os mais justos a serem aplicados.

Entenda que preço justo é quando você cobra um valor suficiente pra pagar todas as contas e ainda ter um lucro mínimo, se não de que adianta assumir todo o estresse que é ter um negócio próprio e não obter retorno? Se você é dono do seu próprio negócio deve estar entendendo muito bem o que estamos falando. Agora se você é funcionário, talvez esse universo da precificação seja um tanto abstrato, pra você possivelmente seja suficiente comparar apenas preços ao invés de visualizar o contexto geral daquele orçamento. Mas, para ficar mais claro, entenda assim, você trabalha e tem um valor que ganha como pagamento no fim do mês, pois é, você acha justo o salário que ganha?

Raras vezes sim, mas muitos acham que não, então, aí que está, porque acham que não? A principal razão com certeza deve estar ligada ao fato de não conseguir realizar tudo o que gostaria com aquele salário, ou pior, apenas sobrevive com o injusto salário que recebe todo fim de mês. Com o orçamento é a mesma coisa, muitas vezes cobramos um valor que não dá pra fazer tudo o que o cliente gostaria e fica frustrado, até porque normalmente só se pagam as contas. Então, da próxima vez tente avaliar tudo o que está por trás de um orçamento, veja se a empresa é mesmo profissional, se tem sede (quando falamos sede, queremos dizer um espaço profissional, com estrutura, não uma mesa de escritório na casa da pessoa), se cumpre prazos, se tem telefone fixo, site, e-mail profissional, daqueles com o nome da empresa depois do “@” sabe?

Enfim, não dá pra comparar preços entre empresas profissionais e não profissionais, é injusto e com certeza o resultado será diferente. Não quer dizer que alguém que trabalha em casa vá executar um serviço de má qualidade, mas em algum dado momento você pode ter problemas, como a emissão da Nota Fiscal, pagamentos, atendimento, em uma empresa profissional existe uma estrutura para te atender.

E se podemos te dar um conselho, se seu orçamento está fora da realidade de mercado, não procure quem faça no preço que pode pagar, é melhor você não fazer e esperar até que consigam pagar alguém profissional para executar o trabalho, fale isso ao seu superior, ele deverá entender ou deixe que seja por conta e risco dele, afinal é também o seu nome em jogo, sua carreira e a imagem da sua empresa, todo o seu esforço pode ir por água abaixo se contratar um serviço medíocre. Imagine, isso pode acontecer desde a contratação da matéria prima de seus produtos ou tudo aquilo que está ligado a divulgação do seu negócio, um serviço mal feito pode acabar com a reputação da sua marca, podendo levar a retorno baixo ou nenhum, e ainda processos, já pensou se é colocado um preço errado/equivocado no seu comercial? Pois é, pense bem antes de contratar quem serão seus parceiros/fornecedores.

Bom, se você é profissional, sabe que tudo o que falamos aqui é verdade e vai evitar ao máximo cair numa cilada dessas, certo?

Havendo alguma necessidade em vídeos corporativos, estamos a disposição. A Bucket Effects, produtora vídeo em Joinville, São Paulo e Belo Horizonte, preza por bem atender seus clientes e entregar serviços de qualidade.

Conte conosco.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *